Entrevista com Titak


1 - Com quantos anos conheceu e como foi seu primeiro contato com o jogo?

Eu estou com Lara Croft desde 1996 quando TOMB RAIDER saiu. Meu irmão tinha uma cópia do jogo e quando eu vi ele jogando, vi uma mulher dando alguns tiros em uns lobos. Minha primeira reação foi: ''Ah, mais um daqueles jogos de tiro. Não é interessante para mim.''

Mas o jogo parecia bom demais para a época. Eu assisti um pouco mais e descobri logo que havia muito mais do que só tiros em TR. Também era sobre resolver quebra-cabeças e exploração. Foi aí que fiquei viciada.

2 - Como você recebeu os elogios dos fãs ao redor do mundo com o seu sucesso Hymalaian Misteryes?

Hymalaian Misteryes acabou por ser um sucesso ainda embora a primeira parte quando eu tinha liberado não tenha sido tão interessante. Mas com o tempo comecei a trabalhar nele novamente, após a primeira parte, eu tinha aprendido várias novas habilidades, como fazer objetos e as animações. Isso realmente me ajudou a fazer Hymalaian Misteryes como o jogo que é.

Enquanto eu estava trabalhando nele a primeira versão do NGLE foi liberada e o TREP estava sendo desenvolvido. Eu usei essas ferramentas para melhorar o jogo: adicionei mais detalhes para os ambientes com texturas de alta resolução e utlizando o TREP consegui mudar alguns aspectos. Não poderia ter feito o jogo como ele é sem estas duas novas ferramentas!

3 - Lara representa algo em sua vida?

Lara representa um hobby. Eu gosto do seu caráter, o mundo que se move em torno dela e as coisas que ela faz pelo mundo. Lara é resistente e não tem medo de defender sua própria vida tendo que matar alguém, mas ao mesmo tempo está no lado bom, porque o que faz chama a atenção para o mundo e se ela pode salva-lo assim fará.

Eu, obviamente, não viveria uma vida assim, mas sempre gostei das histórias de fantasia e filmes, sempre quando são feitos assim, e isso é também o que eu gostava dos jogos de Tomb Raider. A aventura, a exploração, e os quebra-cabeças onde tudo acontece dentro desse mundo e é isso que eu realmente gosto sobre o TRLE: agora eu posso fazer o meu próprio mundo de Lara!

4 - Durante a criação de um nível, como é todo o processo? Há sempre um padrão a ser seguido ou não?

Meus primeiros jogos, não tem muita história. São basicamente chegar a algum lugar e encontrar um artefato. Mas para os meus jogos mais tarde, tive uma história muito clara na minha cabeça quando comecei a trabalhar com eles. Não ter uma história me ajuda a concentrar melhor no jogo em todos os aspectos como: texturização e objetos do jogo. Eu tenho uma idéia básica das coisas que eu quero em um nível e em seguida, enquanto construo, vou expandindo as idéias. Até o final eu continuo adicionando/removendo texturas e objetos, ajusto o jogo, os objetos são trocados quando e onde eu quero e acredito que irá melhorar o nível. Eu também escrevo minhas idéias para consultas futuras e sempre faço pequenos esboços ou desenhos de algumas áreas em papéis.

5 - O que você pode nos contar sobre seu novo projeto ''Mysts of Avalon''?

Mysts of Avalon é um jogo para o qual eu tive a história em minha cabeça por um longo tempo. Eu mesma comecei a criá-lo em 2003 com os níveis Weekly Business. Aqueles não eram os melhores dos meus níveis e deixei parado o trabalho neles porque eu não podia torná-los do jeito que eu queria até poder fazer os meus próprios objetos. Então, quando eu tinha acabado Himalayan Mysteries decidi pegar a história novamente e lhe dar um novo começo. E agora, com TRNG eu posso finalmente fazer o nível da forma como eu sempre quis!

Mysts of Avalon(As Brumas de Avalon), será lançado em duas partes. A primeira parte foi testada e já estou atualmente executando os níveis através do Meta2TR. Isso vai levar algum tempo e eu ainda não sei quando os níveis serão liberados.

A história é inspirada nos livros inscritos por Marion Bradley, um dos quais é de fato chamado de ''Mysts of Avalon''.

Trata-se da lenda do Rei Arthur contada a partir da perspectiva das mulheres que desempenharam um papel na lenda. A mítica ilha de Avalon desempenha uma importante parte desta lenda.

Lara sai em busca de Avalon no meu jogo.

6 - Os fãs brasileiros são seus fãs, e amam os seus níveis...

Então, a minha experiência na construção de níveis tem sido um tanto estranha e agradável. Eu gosto de construir, fazer novos mundos para Lara invadir. É a razão pela qual eu faço e construo os níveis. Para a minha surpresa fiquei sabendo que desde o início, os meus níveis foram baixados e jogados em todo o mundo e que as pessoas estavam também a apreciá-los!

7- Por favor, deixe uma mensagem para o público brasileiro que admira muito o seu trabalho...

Me sinto honrada de contar também com os fãs no outro lado do mundo, todo o caminho no Brasil e admiro o fato de que vocês gostem do meu trabalho.

Atenciosamente,
Titak

4 Comentários:

  1. É uma menina? É que diz "viciada"

    ResponderExcluir
  2. Para a nossa alegria ela é mulher ;)

    ResponderExcluir
  3. Muito Bom sua Entrevista gostei e li 2 vezes .....

    Vcs Estão de Parabens!!!

    ResponderExcluir

Demostre sua opinião sobre esse artigo!

 

Coprights @ 2021, Tomb Raider Level Editor. All Rights Reserved. © 2021 Square Enix Limited. Developed by Eidos Interactive Corporation. All rights reserved. SHADOW OF THE TOMB RAIDER, TOMB RAIDER, CRYSTAL DYNAMICS, the CRYSTAL DYNAMICS logo, EIDOS-MONTRÉAL, the EIDOS-MONTRÉAL logo, and LARA CROFT are registered trademarks or trademarks of Square Enix Limited. SQUARE ENIX and the SQUARE ENIX logo are registered trademarks or trademarks of Square Enix Holdings Co., Ltd.